sábado, 1 de dezembro de 2007

Para ler em silêncio

Escrever é imprimir a experiência do espanto de estar no mundo. É estender as dúvidas, confessar os labirintos, povoar os desertos. E mais, escrever é dividir sobressaltos, explicitar descobertas e abrir-se ao mundo na ilusão de tocar a completude.
(Bartolomeu Campos de Queiroz)

2 comentários:

Professor texto disse...

Bonito é tudo aquilo que eu não consigo ver sozinho! (BCQ)

AnaCris disse...

Isso me lembra uma passagem em que o menino ia conhecer o mar pela primeira vez e seu pai o levou. Chegando lá, diante do mar o filho pediu ao pai para ficar perto e ajudá-lo a ver o Mar já que era a coisa mais linda que ele já viu e sentiu. O pai tinha que estar junto para tamanha felicidade compartilhada.